UKULELE DICAS

Mulheres e o ukulele: quantas das mais de 40 ukulelistas você conhece?

ukulelistas - mulheres brasileiras e estrangeiras

As Mulheres e o ukulele é um fenômeno que esta cada vez mais comum e tem se popularizado muito, principalmente, acredito, devido a rede mundial de computadores – a internet.

Dos alunos que ensino, ensinei, e que me procuram, é fácil perceber esta tendência, a grande maioria das pessoas que querem aprender ukulele são mulheres.

Daí me vem a pergunta de onde vem o interesse das mulheres por tocar ukulele e por qual razão elas são a maioria?

Mulher e o ukulele
mulheres na praia com seus ukuleles 1925

Especulações sobre as mulheres e o ukulele

Entre um dos motivos que presumo para tentar entender este interesse das mulheres pelo ukulele, acredito ser o número grande de mulheres que aprendem o instrumento e logo postam seus primeiros vídeos nas redes sociais como instagram, youtube, tiktok, Facebook, WhatsApp etc.

E ai logo temos mais mulheres fazendo o mesmo e criando, talvez, uma situação que vai se realimentando.

Sim somos seres que gostamos de fazer um pouco o que outros fazem, só que colocando a nossa personalidade, com uma música preferida e ou com a nossa própria voz.

Pode ser que você não conheça nenhum filme ou série em que há cenas com o ukulele, mas estas mídias, possuem a sua parcela na divulgação do instrumento.
Pelo menos é o que penso.

A série norte-americana “How I met yout mother” que foi ao ar 2005 – 2014, possui em um dos seus episódios uma cena linda com ukulele.

A performance da canção La vie en Rose foi feita pela atriz Tracy Mosby e com certeza várias pessoas gostaram muito desta cena. Você pode ver e ouvir a cena completa.

Um outro filme mais “antigo”(2004) e que lembro de ter feito um relativo sucesso, pois tenho uma boa recordação do filme, é o “Como se fosse a primeira vez” na versão Hebert Richers e na versão original é “50 first dates”com Adam Sandler (Henry Roth) e Drew Barrymore (Lucy Whitmore), só que neste caso é Adam que toca o ukulele.

Veja ou reveja a cena abaixo.

Só que tem uma pegadinha no vídeo acima.

Esta cena deve ter a sua parcela nesta outra onde de popularização do instrumento.

No Brasil o filme “meus 15 anos” (2017) protagonizado pela Larissa Manoela pode ter a sua parcela na divulgação, principalmente, para o público infantil que é quem mais consumiu o filme.

Sem falar naquela mini-série linda Capitu (2008) que tinha aquela famosíssima canção Elephant Gun.

Outras razões para o interesse no ukulele pode se dar pelo fato do tamanho, a leveza, tornando-o facilmente transportável.

Me ajude aí nesta especulação, na sua opinião, qual seria o motivo de termos um número considerável de mulheres interessadas no ukulele?

Inclusive, deixa eu te contar uma história, o ukulele surgiu de modo mais efetivo na minha prática musical, quando tive a brilhante ideia de presentear a minha namorada Jessyca com um instrumento.

Ela é contadora de histórias e faz isso como uma atividade pedagógica, então pensei que seria interessante se ela pudesse adicionar o ukulele nas contações.

As crianças geralmente gostam do instrumento, até porque ele lembra um brinquedo devido ao tamanho.

Ficaria ótimo se ela pudesse colocar o instrumento nas suas contações, seria um fator a mais para chamar atenção das crianças.

Só que ela teve dificuldades em aprender, principalmente por causa de tempo, não pela falta de habilidade, e aí foi eu quem acabei aprendendo ukulele. Isto já faz uns 4 anos.

Mulheres e o ukulele no Brasil

Entre as artistas brasileiras famosas que volta e meia se apresentam com ukulele não posso deixar de citar uma das artistas que são verdadeiras estrelas, como a Marisa Monte, ela é a primeira que vem a mente. Além dela temos a Clarice Falção,

Aqui na terra brasileiras as mulheres que mais vejo são esta pequena lista. É obvio que tem mais, mas são estas que os algoritmos tem me mostrado.

Me ajude a completar esta lista.

  1. Aline Kelly,
  2. Loide Leite
  3. Jô Pires
  4. kedma
  5. Elisa Alecrim
  6. Bianca Malfatti
  7. Gaby Novais
  8. Jullie Costa
  9. Bruna Marcelli
  10. Tania Sacramento
  11. Andre Rebello
  12. Laura Arashiro
  13. Carol Tostes
  14. Muke

Se você não as conhece vai aqui um breve comentário, segue as minas nas redes sociais e ajudem elas a terem mais alcance.

Aline Kelly

Mulheres e o ukulele: quantas das mais de 40 ukulelistas você conhece? 1

A Aline é a primeira que vem a cabeça, quando o assunto é mulheres e o ukulele. Pedi umas dicas quando comprei um primeiro ukulele pra presentear, e ela, como sempre na Internet ,me ajudou com bastante informação.

A Aline é uma das mais engajadas que conheço transmite aulas no YouTube, possui grupos de desafio no Facebook e está sempre postando uma atividade no Instagram.

Vale o seu tempo conferir o trabalho dela. Ela está dedicada ao ao ensino por isso vale o seu apoio, e além disso a professora é graduada em licenciatura em música pela UFOP.

Elisa Alecrim

Mulheres e o ukulele: quantas das mais de 40 ukulelistas você conhece? 2

A Elisa é essencialmente uma intérprete. Ela posta semanalmente no YouTube um vídeo de covers e arranjos que ela faz apenas com voz e ukulele. As vezes ela posta algum tutorial com as músicas gravadas para os vídeos.

A Elisa toca e canta muito bem. Clica aqui e vai lá conferir o canal da ukulelista.

Loide Leite

Mulheres e o ukulele: quantas das mais de 40 ukulelistas você conhece? 3

O que define bem o trabalho da Loide é o ukulele instrumental/ fingerstyle, a ukulelista está sempre postando os seus arranjos que nos mostram que o ukulele pode ir muito além do óbvio, e o óbvio seria tocar e cantar com ukulele.

Seus arranjos geralmente são temas que estão populares na internet e vale a sua atenção. Além disso, recentemente ela está fazendo um duo com a cantora da Bruna Marcelli.

Bruna Marcelli

Mulheres e o ukulele

A Bruna é uma intérprete, ou seja ela é uma cantora que faz as próprias versões de outras canções.

Ela canta MPB e tem um apreço especial pela Bossa Nova, inclusive junto com a Loide Leite atualmente elas possuem um duo de canto e ukulele.

Jô Pires

Mulheres e o ukulele: quantas das mais de 40 ukulelistas você conhece? 4

A paulista Jô Pires é uma das mulheres que estão no internet inspirando outras mulheres/meninas no seu canal do youtube. Há diversas aulas de ukulele e covers de músicas que geralmente são as mais populares da época ou as mais pedidas dos seguidores. Os tutoriais são rápidos, práticos e direto ao ponto.

Kedma Váléria

Mulheres e o ukulele: quantas das mais de 40 ukulelistas você conhece? 5

No seu canal do youtube mistura vlog, tutoriais e covers com ukulele e violão. A moça é estudante de psicologia e posta videos ensinado e tocando algumas músicas gospel e por causa disto a garota consegue atingir e inspirar o público cristão evangélico.

Julie Costa

Mulheres e o ukulele

A carioca Julie Costa foi uma das cantoras na versão do The Voice 2019 e o ukulele é um dos seus companheiros nos diversos vídeos em seu canal no youtube. Confira o trabalho da cantor no youtube.

Gaby Novais

Mulheres e o ukulele

Vinda de uma família musical, juntos pai, mãe e filha formam a Família Novais que tocam em eventos na cidade de Mogi das Cruzes (SP). Gaby começou a cantar desde os seus 3 anos de idade, e aos 7 anos já se apresentava com artistas locais de sua cidade. Atualmente com seus 12 anos, a pouco tempo impressionou nos palcos do The Voice Brasil com a sua versão de A menina dança dos Novos Baianos.

Bianca Malfatti

Mulheres e o ukulele: quantas das mais de 40 ukulelistas você conhece? 6

No canal desta moça você vai ver vários covers com vários instrumentos, mas o ukulele ocupa um lugar de destaque, há mais videos como o nosso pequenino. A cantora tem uma voz suave, ótima pra quem gosta de ouvir versões bem intimista.

Luana Mascari

Mulheres e o ukulele: quantas das mais de 40 ukulelistas você conhece? 7

A ukulelista dispensa aprensentações atualmente é apresentadora dos tutoriais do cifra club e além disso é musicista profissional há mais de 15 anos, Luana Mascari, que tem entre suas atuações a voz, o ukulele e as teclas, hoje se dedica à sua carreira solo. 

Camila Vogel

Mulheres e o ukulele: quantas das mais de 40 ukulelistas você conhece? 8

A ukulelista posta regularmente no seu canal no youtube tutoriais e covers com ukulele.

Tania Sacramento

Mulheres e o ukulele

é daquelas senhoras que inspiram muito a gente, não é preciso falar muito não, recomendo que você veja algum dos seus covers com ukulele.

Tânia possui um gosto musical interessante e em 2018 ela ganhou o segundo lugar no concurso do Toca Ukulele com a sua versão de Outono de Djavam na categoria ukulele e voz.

A Tania Sacramento não deixa por menos no instrumental não. É só conferir a linda versão de Estrada do Sol no Youtube.

Andrea Rebello

Mulheres e o ukulele: quantas das mais de 40 ukulelistas você conhece? 9

Chamada de “Presidenta” pelos participantes de um dos maiores grupos de ukulele no facebook, do qual ela é a administradora, ou seja, a pessoa que abriu e nomeou o grupo.

Andrea é sempre sorridente e alto astral, facilmente percebe-se por estar sempre com um sorriso no rosto e como ela interagi com os outros participantes.

Com uma breve busca no Youtube, é possível ver alguns vídeos dela cantando e tocando o seu ukulele. Certamente, ela contribuiu bastante na interação entre os ukulelistas de todo Brasil através do grupo Ukulele Aloha Brasil.

Laura Arashiro

Mulheres e o ukulele: quantas das mais de 40 ukulelistas você conhece? 10

A paulista tem se dedicando por muito tempo ao ukuele e possui vários vídeos tocando o seu ukulele. Destaco a versão de Carinhoso de Pixinguinha do qual a ukulelista toca uma versão instrumental.

Laura, compartilha seus vídeo tanto no Youtube como no Facebook.

Carol Tostes

Mulheres e o ukulele: quantas das mais de 40 ukulelistas você conhece? 11

A ukulelista possui um duo de ukulele com João Tostes e contribui muito com o canal Toca Ukulele, com várias versões de músicas que já fazem parte do repertório ukulelístico. Destaco o Somewhere over the Rainbow da Versão do Israel “IZ” Kamakawiwo’ole.

Muke

No ano passado no encontro 3º nacional de ukulele promovido pela toca ukulele e o João Tostes surgiu o MUKE – mulheres no ukulele que possui essa função de promover as mulheres que tocam ukulele. Em breve o coletivo deve lançar as redes sociais do movimento.

E poderemos conhecê-las melhor. Por enquanto sei que algumas das ukulelistas acima fazem parte do coletivo, como a Aline Kelly, Tânia Sacramento, Loide Soares e Bruna Marcelli.

Mulheres e o ukulele: quantas das mais de 40 ukulelistas você conhece? 12

De qualquer forma contribua para que este Muke cresça.

Mulheres e o ukulele: quantas das mais de 40 ukulelistas você conhece? 13

Mulheres e o ukulele no Instagram

O Toca Ukulele, um perfil no Instagram administrado por João Tostes incentivou as mulheres, enviarem fotos delas com seus ukuleles.

Uma ideia muito interessante que ajuda a divulgar ainda mais o instrumento e podemos ver como há um número de mulheres que adoram o instrumento.

Recomendo a visitarem o perfil no Instagram para conhecerem e vocês mesmo verem.

Acredito que o interesse pelo ukulele ainda vai crescer muito mais.

O ukulele é um ótimo instrumento de musicalização é fácil de tocar os primeiros acordes é portátil, é democrático, pode se tocar praticamente qualquer música e ainda possui um efeito mágico com as crianças.

Mulheres e o ukulele
Jovem tocando um “Banjo-ukulele”. Foto cerca de 1915.

Assim, acredito que por isso o ukulele vai ficar cada vez mais popular.

Mulheres e o ukulele fora do Brasil

Em escala global o interesse não parece ser diferente e há muitas mulheres que se dedicam inteiramente à tocar o ukulele.

Com certeza vou deixar de fora uma quantidade enorme de mulheres que são foda, mas que ainda não conheço.

Assim peço a sua ajuda para conseguir listar mais mulheres ukulelistas e te convido à comentar com uma que você conheça e que esta fora deste post. Contribua, vai ser massa ver esta lista crescer!

Entre as mulheres ukulelistas o nome Grace Vanderwaal foi uma das primeiras que conheci por causa de uma aluna.

A Grace Vanderwaal possui um grande sucesso devido também a sua participação no America’s Got Talent e os seus vídeos com ukulele no YouTube possui um número enorme de visualizações.

A Dodie também possui uma enorme popularidade no Youtube e com certeza ela deve incentivar que muitas meninas também aprendam ukulele.

Gostaria de escrever brevemente sobre cada uma destas mulheres, mas vou contentar com uma foto e links. São mulheres e o ukulele de vários países nesta lista, Estados Unidos, Argentina, Itália, Alemanha, Itália, Inglaterra etc.

  1. Mandy harvey ?
  2. Victória Vox ?
  3. Taimane Gardner ?
  4. Amanda Palmer ?
  5. Samantha muir?
  6. Sarah maisel ?
  7. Elisabeth pffeifer ?
  8. Cynthia kinunnem ?
  9. Honoka e Azita ukulele duo
  10. Britini paiva ?
  11. Natash gosh ?
  12. Heidi swedberg ?
  13. Laura Arshiro
  14. Suzane Sandke
  15. Chontel klobas ?
  16. DelRey?
  17. The Shenanigans?
  18. Marlowe teichman ?
  19. Anastasia Uku_Mom
  20. Cinthya lyn?
  21. Bernadete?
  22. Sophie Madeleine?
  23. Kate Micucci?
  24. Molly Lewis?
  25. Zee Avi ?
  26. Nelie McKay ?
  27. Ingrid Michaelson ?
  28. Charlotte Pelgen?
  29. Charissa Hoffman?
  30. Paola Ronci
  31. Nat Cyberia?
  32. Fátima Nardone?

Mulheres e o ukulele na terceira idade

O aprendizado é uma atividade que fazemos a vida toda. Não é à toa que os conceitos de lifelong learning (educação continuada) estão cada vez mais evidência.

E que tal se inspirar em pessoas que estão na terceira idade e mantém o interesse de aprender, sobre tudo pois nem sempre a vida deu oportunidade de aprender um instrumento antes na vida.

Além da Tânia Sacramento que já falei sobre acima. Temos nesta lista a Chotel Klobas e The Shenanigans.

Chontel Klobas

Sobre a Chontel, infelizmente não posso dizer muita coisa. Mas no seu perfil no FB, ela diz ter iniciado um grupo de ukulele chamado Strum: Seattle’s Totally Relaxed Ukulele Musicians bem criativo não é?!

The Shenanigans

Este grupo de mulheres com mais de 60 anos formam um quarteto super simpático e divertido.

Todas mulheres aposentadas que se juntaram para tocar ukulele em grupo no Hummers and Strummers

E se juntaram para tocar para uma amiga Ruby que estava tendo problemas de memória, desta forma surgira o quarteto.

A entrevista delas é bastante inspiradora para todas idades, mas principalmente para quem tem mais de 60. Um excelente exemplo!

Que a iniciativa destas mulheres incentivem outras a fazerem o mesmo. Não vejo a hora de conhecer iniciativas aqui no nosso Brasil.

Del Rey

Del Rey (nascida em 1959) é uma cantora, ukulelista, guitarrista de blues americano. Rey se especializou em blues e jazz de 1900 a 1950. Ela desenvolveu uma série de concertos / palestras Women in American Music para fornecer uma visão histórica e cultural da contribuição das mulheres para a música no início do século XX.

Se quiser conhecer as mulheres e o violão clique aqui, ou se quiser conhecer outras mulheres do universo da música clique aqui.

Nos links abaixo há ainda outras referências sobre as mulheres e o ukulele para quem quiser consultar.

https://www.facebook.com/womeninuke/

Hashtags – ukulelewoman – womeninukulele womenukulele

https://popuband.com/blogs/news/11-women-who-rock-the-ukulele-1

https://www.theatlantic.com/family/archive/2019/08/grandmas-ukulele-band/595735/

The Ukuladies

https://www.ukulelemusicinfo.com/ukulele-players/

Mulheres e o ukulele: quantas das mais de 40 ukulelistas você conhece? 43

Você

Se este texto te ajudou, e de algum modo tornou-te numa pessoa melhor, você pode apoiar o blog e ajudar na manutenção da página.

Clique no botão abaixo ?? e faça uma doação espontânea livre.

Mulheres e o ukulele: quantas das mais de 40 ukulelistas você conhece? 44

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.