Dicas de violãoviolão

7 passos semanais para gravar os vídeos do desafio do violão clássico

Desadiodos estudos de violão clássico - aulas de violão clássico em BH

No início deste ano resolvi entrar no desafio do violão proposto pelo amigo e violonista Jeffrey Andrade. O desafio tem uma proposta simples,  publicar um vídeo por semana sobre estudos de violão clássico com intuito de estudar mais música, violão, melhorar aspectos técnicos, exercitar a leitura, ou para aplicar em alunos como forma de preparação de aulas.

Aí que começou o desafio. Interpretar um estudo de violão por semana não é tão complicado assim. Mas gravar um estudo de violão, por menor que seja, e ainda falar brevemente sobre ele, isso sim é difícil! 

O ano tem 52 semanas, assim seriam ao final do ano seriam 52 vídeos novos de violão tocados pelo violonista do lado de cá do Black Mirror. Realizar todas estas tarefas não é fácil mesmo. Na verdade o desafio envolve 7 atividades até chegar ao formato final pronto para as redes sociais (Youtube, Facebook e Instagram).

Dividindo a tarefa em passos tem-se os seguintes:

  1. Escolher o estudo
  2. Estudá-lo 
  3. Tocar o melhor possível (marcar dedilhados, digitações)
  4. Gravar vídeo e áudio (separadamente)
  5. Editar e renderizar
  6. Escrever uma breve publicação
  7. Fazer o upload (facebook, Instagram e Youtube)

É preciso um bocado de organização destas tarefas ou uma boa dose de tempo, sem falar que é desejável que se tenha uma habilidade mínima com gravação e edição de vídeo. Comecei animado, gravei uma, duas, três, quatro semanas e falhei nas seguintes.

Outros amigos violonistas também gostaram da ideia, mas devem ter sido sucumbidos pela própria rotina de músico e violonista em si, como o desafio da gravação dos vídeos. E, não tem jeito, vai ter que passar por pelo menos os 7 passos indicados acima. Sem falar em arrumar o local da gravação, montar os equipamentos, possíveis interrupções etc. Absolutamente normal desistir da empreitada.

Então, para essa postagem resolvi separar dois dos desafios que postei os números 4 e 6. Estes estudos tem algumas  características em comum que facilitam muito para quem é iniciante no violão clássico. Eles estão localizados nas primeiras posições do instrumento (entre a 1º e 5º casa do violão). Os acidentes musicais são mínimos, sendo que no Chant lontain do Tansman nem há acidentes musicais (notas com sustenidos ou bemóis).

Desafio do violão clássico nº 4 

A peça que escolhi para o desafio nº 4 é a Chant Lontain. Essa peça é ótima para trabalhar: condução melódica; forma musical; timbres (embora faça poucos no vídeo) leitura (é fácil, sem acidentes, 1°posição); articulação; agógica e dinâmica. São pelo menos umas 7 habilidades envolvidas na peça; sem falar que pode-se observar a postura do corpo, braços, mãos, pernas e também praticar tocar de memória (a peça tem bastante repetições).

Chant lontain é primeira das doze peças fáceis para violão de Alexandre Tansman. Adoro o Tansman, já estudei a Cavatina toda do compositor e foi uma das peças que mais gostei tocar. Veja neste video  o Prelúdio sendo tocado por mim. gravei todas as peças, que compõe a Cavatina mas ainda preciso editar os vídeos.

Desafio do violão clássico nº 6 

O próximo estudo nº 2, op.35 do Fernando Sor é bom para trabalhar diferenciação dos planos graves e agudos. É preciso ter controle entre o peso do polegar e dos dedos i, m, a da mão esquerda. É um estudo curto com a seguinte forma (AA, B, A, B, A). Interessante é swing do estudo que evoca uma dança ternária, diria que o é charme que ele traz.

Infelizmente, a qualidade final deste vídeo está bastante ruim. Tanto a qualidade do som como da imagem. É o aprendizado e a ação que nos levam a compreender isto.

Se desafie também! Tente fazer algo que você goste e tente fazer toda semana. Seja se exercitar três vezes por semana, cozinhar uma receita nova, aprender um estudo de violão clássico etc. Quando completar a jornada das primeiras 20 horas vou estar em outro nível. No final, com certeza, o auto-aprendizado é enorme.

Por agora são estes dois estudos, espero que vocês gostem e que possa ajudar um pouco para quem deseja adentrar o universo do violão clássico/erudito. Esta semana vou gravar o desafio 9 e logo posto por aqui no blog.

Estou aberto a sugestões para estes estudos. Se você souber de algum que se enquadra no perfil dos estudos que estão nos vídeos, por favor, contribua, comente. E claro estou aberto as críticas e sugestões.

Chant Lontain

Estudo nº 2, op.3

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.